Qual a melhor marca de colchão


Uma das dúvidas mais frequentes em quem precisa comprar colchão diz respeito a qual a melhor marca de colchão. Infelizmente não existe uma resposta objetiva a esta questão.

Eleger apenas uma como a melhor marca de colchão é inadequado por uma série de motivos, entre os quais:

  • existem muitos fabricantes, e é impossível de conhecer todas as marcas;
  • os fabricantes costumam ter diversas linhas diferentes de fabricação, e não se podem comparar produtos diferentes para eleger o melhor;
  • pessoas diferentes terão percepções diferentes do mesmo colchão, o que faz com que seja impossível para um fabricante ser unanimemente considerado o melhor.

Por estas razões, é impossível de se responder objetivamente à pergunta: qual a melhor marca de colchão.

Recomendações para a escolha de um novo colchão

Como é impossível dizer objetivamente qual a melhor marca de colchão, sugerimos que se observem as sugestões abaixo, que ajudarão a escolher o colchão mais adequado para cada pessoa ou casal.

Seguindo estas orientações básicas você entenderá que não importa saber qual a melhor marca de colchão, mas sim que o mais importante é descobrir qual é o colchão mais adequado ao seu biotipo e à sua percepção de conforto.

8 comentários

  • Como escolher um colchão – O Melhor Colchão:

    […] Vamos citar alguns aspectos a serem considerados na hora de adquirir um colchão, a começar pela marca. Você sabe qual a melhor marca? […]

    Responder
  • PETER TRAPNELL:

    Prezados, preciso comprar colchão e cama box, porem tenho um inconveniente, que é a largura, acurva e o pé direito da escada para o quarto, as janelas também são pequenas. O box da para resolver pedindo-o bipartido, como são chamados. No momento tenho colchão de espuma, D33, que permite um certo dobramento suficiente para vencer as dificuldades da escada, Queria mudar para colchão de molas, porem não consigo encontrar nas diversas descrições, como é a construção do corpo do colchão, até que ponte permite um dobramento suficiente para subir a minha escada, Por favor me ajudem a encontrar este tipo de informação. Eu sei de antigamente as molas eram montados sobre uma prancha inteiriça de compensado, e não dobrava nada. Please help me find this kind of info, thank you. Regards, Peter Trapnell

    Responder
    • Elvis:

      Peter.

      A sugestão que tenho a te dar é que adquira os colchões também bipartidos. Existem modelos específicos, normalmente usados por hotéis, em que dois colchões de solteiros são unidos entre si utilizando-se de uma “aba” com velcro. Uma loja especializada em colchões (uma loja de fábrica, porque os funcionários são mais bem treinados do que os de magazines) poderá ajudar a encontrar o produto certo para a sua necessidade.

      Responder
  • abadia aparecida fatureto:

    comprei um colchão bioprime.A principio achei ótimo; mas depois começei a ter pressão alta. Fiquei com medo porque não tive opinião médica. O que fazer?

    Responder
    • Elvis:

      Colchões fora dos padrões de mercado (ou seja, que não sejam de espuma ou de molas) devem ser indicados pelo médico, para que ele se responsabilize quanto às contraindicações que o colchão possa ter. Em seu lugar eu procuraria um médico.

      Responder
  • Camila:

    Olá, tudo bem?
    Gostaria de agradecer a iniciativa das pessoas que estão por trás deste site pois, hoje em dia a informação é algo ao nosso alcance porém para certos assuntos ainda parece que estamos anos luz longe de qualquer esclarecimento.

    Procurei aqui no site e não achei nada relacionado a colchões e relação sexual.
    Gostaria de ter mais informações quanto a isto, tudo o que você puder informar ou não.

    Responder
    • Elvis:

      Camila, todo colchão é adequado para qualquer prática sexual, afinal se não fosse ela não haveria Humanidade. Há no mercado protetores de colchões, travesseiros, edredons aromatizados e com substâncias afrodisíacas, que você pode usar caso sejam de seu agrado. Existem também capas ou mantas massageadoras, que podem aquecer uma relação.

      Obrigado por sua pergunta, e espero ter ajudado.

      Responder
  • Gryphon F:

    Esse negócio de deitar e rolar no colchão, sinceramente não é tudo como enfatizam tanto! Ajuda, claro. Mas não tanto assim para merecer tanta ênfase. O Motivo: Você só descobre realmente o conforto do colchão após usá-lo, depois de uma noite ou mais de uma noite sobre ele.
    Por isso acaba tendo um fator de risco envolvido.
    E para minimizar este risco, informações técnicas são mais importantes do que “experimentar” o colchão rapidamente na loja (mesmo que demoradamente).
    É claro que o site ajuda muito com estas informações técnias, como a questão do Pocket X Espuma, densidade, camadas, etc..
    Olhe e experimente o colchão, claro! Mas não só isto! Ou não mais isto do que outras informações. Busque muita informação técnica também.

    Responder

Comente!