Durabilidade, Validade e Garantia de Colchões

18 de setembro de 2013 • Por Elvis, em Informações Técnicas
O que é um colchão ortopédico 2
Existem três fatores que caracterizam a vida útil de um colchão: a durabilidade, a validade e a garantia.

Estudos sugerem que anualmente a massa de um colchão de espuma aumente em 20%, devido ao acúmulo de microrganismos, pele morta, poeira, ácaros, carcaças de ácaros, fezes de ácaros, fungos (causados por suor ou umidade), etc. Sabendo disso podemos dizer que a durabilidade de um colchão é a mesma coisa que sua validade, que também é definida pela garantia.

Ou seja, um colchão deve ser trocado, idealmente, não muito além do fim do período de garantia.

Por este motivo deve-se escolher muito bem a marca e o modelo do colchão no momento da compra, não usando apenas o preço como fator decisivo, mas sim a orientação de um vendedor técnico em colchões, normalmente empregados das lojas exclusivas de colchões (leia mais aqui).

Contudo, deve-se considerar que nem sempre a garantia extensa é sinônimo de qualidade. Pode haver empresas que ofereçam garantias imensas como argumento de venda, mas seus produtos serem de qualidade inferior a outros de garantia um pouco mais restrita.

Há estudos que indicam que a durabilidade — logo, também a validade — de um colchão de espuma seja da ordem de três anos (devido aos fatores explicados acima). Isto posto, é lógico deduzir que seja esta também a durabilidade da espuma de um colchão de molas.

Alguns fabricantes de colchões de mola oferecem garantias superiores a uma década, mas é prudente considerar os fatores acima expostos e verificar atentamente os termos da garantia, pois esta normalmente se refere apenas ao sistema de molejo, que por ser produzido em aço pode, se bem cuidado, durar muito mais do que a própria garantia (validade).

Atualização: a certificação do INMETRO dá aos colchões de espuma uma garantia e validade de um ano. Alguns fabricantes podem oferecer uma garantia maior (garantia contratada), a seu critério. A garantia do colchão será válida a partir da data da emissão da nota fiscal de venda ao consumidor.

67 comentários

  • Acandyal / Assis de Pedro Sulino • 25/10/2009

    Olha, gostei deste muito deste site. Encontrei por acaso, mas foi muito importante as informações que obtive, pena que me deu sono.rsrs. Sou vendedor de colchões, por isto estou sempre buscando informações atualizadas.
    Desta vez valeu a busca.

    • Elvis • 24/11/2009

      Amigo.

      Obrigado por seu comentário, e sempre que possível volte aqui tanto para ler os novos textos quanto para sugerir pautas para a gente. É com a ajuda dos leitores que poderemos fazer deste um site sempre útil e atualizado.

  • Adriana S. Antunes • 19/06/2010

    Bom dia, gostaria de saber qual é o prazo mínimo de garantia legal, para um colçhão de molas… Aguardo seu retorno o mais breve possível. Obrigada

    • Elvis • 04/07/2010

      A garantia mínima legal é de 90 dias, embora no mercado seja praticamente impossível de se encontrarem colchões de mola com garantia inferior a um ano.

  • Vanderson • 18/07/2010

    Prezado,
    Comprei um colchão e no primeiro dia que utilizei-o, não gostei, não era o que eu estava esperando. Tenho o direito e solicitar a troca do mesmo?

    • Elvis • 14/08/2010

      Sim. Você está amparado pelo Código de Defesa do Consumidor. Independente do produto, colchão, televisor, automóvel, você pode solicitar a troca por outro produto dentro do prazo estabelecido em lei.

      • Luiz Antonio Pereira • 12/03/2011

        Prezado Sr. Elvis;
        Primeiramente devo parabenizá-lo pelo site e as informações enriquecedoras constadas. Se me permite uma ressalva:
        O consumidor não tem direito à troca do colchão que o está incomodando, mesmo tendo dormido por uma noite apenas. O CDC atesta o direito à troca somente para produtos comprados por catálogo, internet ou telefone.
        Abraços;
        Luiz Antônio Pereira (Belo Horizonte / MG)

        • Elvis • 22/03/2011

          Caro Luiz.

          Você tem toda razão quanto à legislação.

          Entretanto, é praxe de muitas lojas trocarem os colchões para os clientes dentro de um prazo, determinado por suas próprias políticas, mesmo não sendo sua obrigação fazê-lo.

          Enfim, cada loja com sua política, e cabe ao consumidor escolher aquela que melhor lhe atenda, sem esquecer de certificar-se destes detalhes antes de efetivar a compra.

  • Karla • 12/08/2010

    Meu amigo voce não imagina o quanto tem me ajudado nos últimos dias. Estou numa “batalha” p/ achar o colchão ideal e num preço bom. Na verdade estou disposta a pagar o necessário p/ ter um colchão bom, mas como são muitas as opções, é preciso pesquisar antes p/ não “jogar dinheiro fora”!!
    Eu quero um colchão de molas ensacadas, firme, com umam camada de visco p/ dar um toque de maciez e, principalmente, que seja um tecido fresco, que reduza a temperatura, porque aqui em Natal (RN) já é necessidade ter um colc~hão assim…
    Veja, achei uma promoção muuuito boa de um colchão Simmons denominado de Excepcionale. Segundo o vendedor, que vale salientar não me transmitiu muita confiança, o colchão apresenta essa tecnologia da nasa e tecido que esfria.
    Vc conhece esse colchão? Será que farei uma boa compra?
    Já sei que aqui vc não cita marcas, mas por e-mail vc não poderia me sugerir alguma? Ou ao menos dizer quais que eu devo passar bem distante??
    Ahh, eu tenho 1,76 peso 90Kg e meu esposo 1,87 pesa 120Kg (um casal de peso). Precisamos de um colchão firme, pois nossa coluna não suporta mais o nosso colchão antigo (molas bonel e já bem velhinho, todo deformado).
    Me ajude!!!
    =)

    • Elvis • 20/08/2010

      Karla.

      Você está fazendo uma ótima escolha, contanto que já tenha experimentado e se adaptado a este colchão, suas características são ótimas. Parabéns.

  • Leo • 11/09/2010

    Elvis, parabéns pelo site. Hoje eu durmo com minha esposa em um colchão Ortobom Ouro Spring (molas bonnel) do tamanho queen. Foi comprado junto com o box específico para o colchão segundo os vendedores de uma loja Ortobom. Eu peso 115kg e minha esposa 62kg. Já faz aproximadamente 8 anos que temos essa cama e ela sempre foi MUITO confortável, embora um pouco mole (macia demais). De um ano pra cá, notei que o colchão não vem perdendo sua forma, ficando meio torto e desconfortável. Diante disso estamos pensando em trocar para uma cama nova, porém, um pouco mais rígida. Cheguei a pensar em comprar somente um colchão de espuma, mas fico com medo de me arrepender e acabar jogando meu dinheiro fora. O que você me diz? Outra coisa que fiquei curioso foi que li aqui no site que geralmente em 3 anos um colchão já está nas últimas, por conta de ácaros, fungos e um monte bactérias mortas que se juntam ao tecido e espuma do mesmo. Esse meu colchão possui 10 anos de garantia das molas, 3 da espuma e tem um monte de outras garantias que já se foram. Sendo assim, pra que me serveria uma garantia de 10 anos das molas se a espuma já perdeu sua validade a tanto tempo? Existe algum tipo de reparo em colchões de mola que troque o seu material e aproveite as molas? Valeria a pena fazer um reparo, caso exista? Tenho procurado uma nova cama box, porém, estou com um monte de dúvidas com relação ao custo e o benefício. Peço desculpas pelo texto muito extenso. Um abraço.

    • Elvis • 15/09/2010

      Leo.

      O ideal para vocês, em função da diferença de peso entre você e sua esposa, seria um colchão de molas ensacadas (pocket). Como você está acostumado ao colchão de molas, vai sofrer muito tempo até se adaptar a um colchão de espumas. O importante, como você já deve ter lido muitas vezes aqui, é experimentar o colchão antes de comprar, pois a noção de conforto varia de pessoa para pessoa e entre marcas e modelos diferentes.

      Sobre a garantia das molas, basicamente é um argumento de venda, pois se um fabricante der 50 anos de garantia nestas, elas vão durar: molas são de aço e duram muito mais do que isso. Agora, a espuma do seu colchão já venceu faz tempo, está mesmo na hora de comprar outro.

      Por fim, com relação a reparos, você pode até tentar um tapeceiro, que faça um novo revestimento para o colchão de molas. Entretanto, este conserto vai implicar a utilização de uma espuma qualquer e um tecido à sua escolha. Você vai ter um colchão reformado, na melhor das hipóteses. Já um colchão novo vai contar com o que há de melhor em tecnologia atualmente no mercado, contando com materiais calculados e adequados à função a que se propõe um colchão.

      Em outras palavras, o melhor é mesmo investir em um colchão novo, pois não se trata de outra coisa senão sua saúde e seu bem estar.

  • Iracema • 18/09/2010

    Bom dia Elvis. Parabéns pelo site, adorei.
    Eu estou ha dias na luta virtual para a escolha de um colchao (ou colchao com cama) Eu sempre tive cama de madeira maciça (estilo rustico) estou pensando numa box, mas com receio da durabilidade e firmeza da mesma por isso gostaria de ajuda. Tenho 1.60 e peso 65kg .
    Sei que o colchao teria que ser o D33, né?
    As camas box duram mesmo? se eu comprar uma de colchao de molas é facil adaptar? Meu marido tem 1,80 e 107kg, a cama dele é normal de mogno, queen com colchao d45. Minha preocupação maior é se quando deitarmos os 2 na cama box, se nao quebra etc… vc poderia me ajudar na escolha? desde ja muito obrigada

    • Elvis • 24/09/2010

      Iracema.

      Você não precisa trocar de cama, você pode comprar apenas o colchão e continuar usando-o com a sua cama tradicional. Caso a cama tenha medidas especiais, isso também não será problema porque os fabricantes costumam fazer colchões sob medida.

      Em se tratando de cama box, os fabricantes garante a mesma durabilidade que uma cama comum.

      Caso vocês escolham um colchão de molas, o ideal é um de molas ensacadas (pocket), em virtude da diferença de pesos, e pelo biotipo de seu marido. Ele vai dar o mesmo conforto de um colchão de espuma.

      Caso sua opção seja pelo colchão de espuma, prefiram um D45 (densidade real), mas façam uma busca por um colchão mais macio, que os dois se sintam confortáveis.

      E nào se preocupe, a cama não vai quebrar com vocês dois. 😉

  • Guilherme • 24/09/2010

    Olá Elvis,

    Gostei muito de seu site. Estou comprando colchões para minha pousada e estou me informando sobre a melhor opção para conforto, durabilidade e custo. No momento me parece que a melhor opção é a mola pocket com 24cm. Entretanto os preços variam muito de uma empresa para outra, o orçamento que mais me interessou foi colchao 1,28 x 1,88 / 24cm altura / high pocket, 235 molas m2/ bordas de espuma / molas 2.0 de espessura/ 5 anos garantia . R$370,00
    O valor está excelente, e consegui desconto pela quantidade. Quais outros itens devo ver? Recebi outro orçamento de um colchão com os mesmo itens de uma empresa famosa mas com 290 molas m2 e com 10 anos de garantia por R$420,00.
    O numero de molas por m2 faz muita diferença?

    Obrigado

    • Elvis • 24/09/2010

      Guilherme.

      O custo/benefício do primeiro está ótimo! Entretanto, o segundo talvez seja ainda melhor, pois a diferença é pequena, e a quantidade de molas por m2 é maior, e essa característica tem muita influência em um colchão.

  • GISELE • 26/09/2010

    Oi Elvis!!! Tudo bem?

    Gostei muito do seu site.

    Quero que me ajude por favor!!

    Estou sofrendo a algum tempo com um colchao velho que preciso trocar. Mas, ja fiz varias pesquisas e estou com medo de concluir a compra.
    Ja fiz 2 compras a 1º não me entregaram o produto e cancelei a compra, o 2º fiquei tao indecisa e com tanta duvida que resgatei o valor e não to conseguindo fazer a compra.
    Dei uma olhada em um site de reclamações e todos os colchoes que haviam me oferecido constava na lista. Sem contar que o mesmo colchao variava entre 500,00 e 750,00 .
    Eu tenho 1,53 alt. e entre 50 e 60 kg meu marido tem 1,90 alt. de 90 a 100 kg.
    Quero um colchao de boa qualidade, um tempo bom de garantia e preço justo.
    sempre usei colchoes de espuma e tenho duvida da troca por um de mola devido a uma informação de que o metal iterfere nos eletrons ,ions ou protons do organismo nao me lembro bem .

    Me ajude me indique marca, modelo, loja etc… se possivel
    Moro em itapevi SP e estou neste sofrimento a 5 meses

    Obrigado

    • Elvis • 05/10/2010

      Gisele.

      Um colchão de espuma com densidade real tem no máximo três anos de garantia.

      O ideal para vocês seria um D33 de densidade real (mínimo de 17cm de altura), que suporta até 100kg por pessoa. Caso optem por um colchão de molas, o de molas pocket ou ensacadas será mais firme que o de molas bonnel; o ideal é que seja um colchão acima de 26cm de altura (tanto no pocket quanto no bonnel)

      Agora, quanto ao metal das molas interferir no organismo humano, desconheço completamente esse assunto!

      Quanto a marcas, modelos, lojas, etc, não é o propósito deste site, OK? Além do mais, você e seu marido devem experimentar o colchão antes de comprar, pois há variações entre modelos e fabricantes da sensação de firmeza e conforto proporcionados pelo colchão.

  • GISELE • 26/09/2010

    AAAHHH, tenho muita dor nas costa e no quadril.
    grata !!!!!

  • ali abdul • 06/11/2010

    bom dia, sou proprietário de uma loja de colchões no litora, em Santos e gostaria de saber pela lei do consumidor, qual é a responsabilidade solidária que tenho com a fábrica a respeito das garantias do colchão, sabendo que a troca é efetuada até 90 dias pela loja, á partir daí o cliente liga para a fábrica, se o colchão afundou depois de 1 ano, com garantia de tres anos ( espuma), o lojista ou o fabricante deverá vistoriar o produto e se o cliente arca com o frete , etc.Gostaria de numero da lei artigo e paragrafo.Parabens pelo site, é incrivelmente valioso.Grato. DR. ALI

    • Elvis • 04/12/2010

      Caro Ali.

      Estas informações você deve obter com seu consultor jurídico. Nosso site existe para falar de colchões, e não de legislação, pois sequer temos formação adequada.

  • Ana Paula • 16/11/2010

    Elvis

    Comprei o conjunto cama box Rosseau da Anjos (Pocket) há 4 dias. Ele tem o pilow de visco e tecido em malha, o que a vendedora garantiu ser mais fresquinho no verão. Pesquisei vários tipos e marcas na internet e nas lojas. Quanto encontrei este achei muito bonito. Ele é alto, o colchão mede 36cm de altura. Gostei desta marca porque achei mais firme. Mas depois de comprar, encontrei algumas reclamções a respeito desta marca. Fiquei com medo de me arrepender da compra e não custou barato. Em uma das suas respostas, vi que tenho direito de trocar a mercadoria na loja em até 7 dias, por isso, peço a tua opinião. Obrigada.

    • Elvis • 04/12/2010

      Ana Paula.

      Em primeiro lugar desculpe pela demora na resposta, pois não trabalhamos exclusivamente no site, e respondemos os comentários em nosso tempo livre.

      Com relação à sua compra, a especificação do colchão parece ótima, e reclamações todas as empresas têm. O importante é que a loja e o fabricante te deem respaldo no futuro, caso você tenha alguma necessidade de assistência técnica.

  • Nilson • 12/12/2010

    Olá, parabéns pelo blog, pesquisei muito sobre tipos de colchão e aqui encontro as melhores informações que havia obtido e muito mais detalhes ! Acabei comprando por uma facilidade comercial um colchão SweetPedic 15 cm de D33 com 7 cm de Visco D60, mas achei meio mole demais (1,75 m x 87 kg) Inclusive pra minha filha encomendei o D40, mas ainda acho que vai ficar muito mole pra mim. Acredito que seja espuma sem carga. Penso em cortar o Visco colado na espuma e aplicá-lo num D45, ou Ortopédico com D45 ! Eu encontraria mais firmeza num Pocket? Qual a influencia da altura da espuma ou das molas em relação à firmeza ?

    • Elvis • 22/12/2010

      Nilson.

      Espuma viscoelástica não tem densidade. Por favor, leia o seguinte texto: O que é um colchão ortopédico.

      Um colchão pocket acima de 26cm de altura será mesmo relativamente firme, contanto que tenha apenas uma camada de viscoelástico no bordado.

  • Taisa • 20/12/2010

    Gostaria de saber qual o melhor colchao de molas para solteiro o peso é de 50kg, tem muitas marcas no mercado, e so conheco a Castor, e tem outras de boa qualidade tambem, por gentileza, se puder me ajudar eu agradeço muito.
    taisa

    • Elvis • 22/12/2010

      Taisa.

      Não é nossa proposta falar sobre marcas ou modelos de colchões.

      Pelo seu peso, um colchão de molas bonnel vai ser satisfatório.

  • Láurence Alves • 20/12/2010

    Olá..
    Estou desenvolvendo um trabalho acadêmico e preciso de informações do tipo: Qual a média de tempo que o brasileiro troca seu colchão, os três principais motivos que levam a troca e qual a porcentagem dessas pessoas que usam o mesmo colchão a mais de 15 anos.
    Fico muito agradecido se tiver esses dados ou indicar algum site que eu possa encontrar informações deste tipo.
    Att.
    Láurence Alves

    • Elvis • 22/12/2010

      Láurence.

      Procure o INER (Instituto Nacional de Estudo do Repouso). Provavelmente vai ser seu melhor ponto de partida.

  • Qual a durabilidade de um colchão? | Meu Colchão • 04/01/2011

    […] a espuma.Para obter mais informações sobre durabilidade de um colchão, veja os textos durabilidade, validade e garantia de Colchões e Mitos sobre Colchões.Atenção: o texto acima ampara-se no direito fundamental à manifestação […]

  • Nilson • 05/01/2011

    Grato pela resposta. Apenas persisto nesta dúvida : um colchão D45 real, sem “carga” mineral, seria provavelmente mais firme que um pocket de 28cm ?

    • Elvis • 16/01/2011

      O colchão D45 é uma massa compacta, e por isso tende a ser mais firme que qualquer colchão de molas.

  • Flávia MArtins • 18/01/2011

    Olá, estou precisando trocar o meu colchão de espuma que ganhei de casamento a 4 anos atrás. A densidade desse colchão é de D33, em um ano este colchão já estava deformado e meu esposo e eu continuamos com ele até hj. Tenho 1,77 e peso 68 kilos e meu esposo 1,76 e pesa 98 kilos. Antes de ler as infomações neste site, estava a procura do melhor colchão com a maior durabilidade. Porém imaginava que uma boa durabilidade seria aquele colchão com mais de 10 anos de garantia. Fiquei surpresa ao saber que o colchão acumula tantos ácaros perdendo a qualidade. Mas ainda tenho dúvidas pois, já a ouvi falar de colchões que duram até 20 anos? E os ácaros? O que realemente traria de prejuízos? Além disso, gostaria de saber se uma cama king seria um exageiro para meu esposo e eu.
    Grata.

    • Elvis • 26/01/2011

      Flávia.

      Com relação à cama king, é uma questão de gosto. Se vocês acharem que uma cama mais espaçosa vai ser mais confortável, ninguém poderá apresentar uma objeção a esta compra.

      Com relação à durabilidade do colchão, as informações técnicas comprovadas que temos estão neste texto. Garantia por garantia, uma mola pode durar até 100 anos ou mais!

      Essa garantia de 10, 20 anos que dão é na mola, e não no colchão inteiro.

      Quanto aos ácaros, fungos, restos de pele, cabelo, suor, e etc, há pessoas que não se importam com essa sujeira; e muitos doentes de rinites e outras raramente pensam que o responsável pelo seu estado de saúde possa ser um colchão cheio de ácaros, fungos e etc.

  • robson • 25/01/2011

    gostaria de saber qual o prazo de validade do meu colchão ortobom Elegancy double pillow top

    • Elvis • 27/01/2011

      Você deve procurar o fabricante ou a loja onde efetuou a compra. Não é de nossa alçada opinar ou dar informações sobre marcas ou modelos.

  • dijalma lacerda • 27/01/2011

    Olá Elvis, boa noite.

    Aguardo sua resposta.
    Grato.
    Dijalma

    • Elvis • 27/01/2011

      Sua resposta já foi publicada ontem, na página em que você fez a pergunta: Por que comprar em lojas de colchões.

      Nem sempre consigo responder as perguntas rapidamente assim, pois este site não é minha atividade profissional, que é minha prioridade. Por isso conto com a compreensão dos leitores em caso de demoras. Mas ninguém fica sem resposta, no que depender de mim.

  • Nina Ross • 12/02/2011

    Bom dia!
    Comprei um colchão Maxflex e não consigo me adaptar por ser muito macio. Fiz contato com a loja e atá agora me mandam insistir em usar o colchão que com o tempo vou acostumar. Tenho fortes dores pelo corpo em virtude disso. Meu sono virou um pesadelo…estou odiando o produto.
    Quero saber se posso trocar por um modelo mais firme?
    A loja diz que não pode trocar porque não comercializam colchões usados.
    Qual é o meu direito como consumidor?
    Recebi o colchão no dia 21/12/2011, quanto tempo ainda tenho pra trocar?
    Por favor esclareça a minha dúvida…não quero ficar com esse prejuízo.
    Muito obrigada!

    • Elvis • 26/02/2011

      Nina.

      Procure o código de defesa do consumidor, que lá você encontra a informação de que precisa. Somos especialistas em colchões, não em legislação, razão pela qual não podemos ajudar.

  • ana paula • 24/04/2011

    Elvis,
    Qual o colchao ideal para meu caso?
    Eu tenho 1,78m, 120 kg e meu esposo 1,80m e 80kg
    Grata.

  • Cláudio • 07/05/2011

    Boa noite! Parabéns pela iniciativa em prol dos consumidores!

    Hj está fazendo um ano que adquiri um colchão ( casal ) de espuma D33 1,38 x 1,88 x 17 .
    Eu peso 84 kg e 1,75m de altura. Minha esposa pesa 54 kg e 1,60m de altura. Já fazem uns dois meses que o colchão vem ´´afundando“… Tá complicado pra dormir. Vejo que a maioria dos colchões possui 3 anos de garantia. Tenho direito à troca do mesmo?

    Abraço, Cláudio

    • Elvis • 21/05/2011

      Sim, contanto que o seu colchão esteja no prazo de garantia.

      Você deve procurar a loja onde efetuou a compra e pedir uma assistência. Provavelmente será necessário apresentar o certificado de garantia do colchão mais o recibo ou nota fiscal de compra.

  • valter gonçalves • 01/06/2011

    Elvis,mto bom dia. Gostaria de saber qual a durabilidade de Um Colchão D-60 em média. 3,5 ou mesmo 10 anos?..Agradeceria se houvesse condições de vc me responder.De antemão lhe agradeço.Abraços..

    • Elvis • 24/06/2011

      Valter.

      Independente da validade do colchão (que é definida pela sua garantia), a durabilidade varia muito de acordo com os cuidados que o usuário tem. Por exemplo: girar o colchão, virá-lo, usar protetor entre o colchão e o lençol, manter o ambiente arejado e livre de poeira, não usar ferro de passar sobre o colchão, não molhar, etc.

      Em outras palavras, as variáveis são muitas, não temos como responder objetivamente sua pergunta.

  • Roberto Rocha • 13/06/2011

    caro Elvis, parabéns pelo seu site. Muito esclarecedor. Pois bem, quero comprar um colchão para meu filho de 2 anos. Pelo selo Pró-espuma seria o D23. Porém, algumas lojas recomendaram-me o D28 ou mesmo o D33. Posso mesmo usar o D28 ou o D33 ou a opção correta é o D23? Grato. Roberto

    • Elvis • 24/06/2011

      Até o D28 (com três anos de garantia) você pode utilizar, pois será um colchão macio, com suporte de peso até 80kg (ou seja, maior vida útil para o colchão). Acima do D28 não é recomendado porque será um colchão excessivamente firme para a fase de crescimento.

  • Roberto Rocha • 24/06/2011

    Muito obrigado.

  • Paulo • 11/08/2011

    Inicialmente parabens pelo site, foi o mais esclarecedor que encontrei. Minhas dúvidas são: tenho 1.85h e peso 150kg. Qual o tipo de colchão adequado, mola ou espuma? Qual a importância e o efeito na quantidade de molas por m2?

    • Elvis • 13/08/2011

      Paulo.

      Particularmente, aconselho você a considerar o colchão de molas. É o que vai oferecer melhor sustentação e conforto para o seu biotipo.

      Quanto maior a quantidade de molas por metro quadrado, mais firme o colchão.

      De qualquer forma, experimente antes de comprar, evite de fazer uma compra precipitada porque são muitas as opções e com certeza você encontrará um colchão que lhe dará qualidade de sono.

  • Marcio • 24/08/2011

    Ola gostaria de saber informações sonbre a marca Simmons e King Koil, se são marcas boas pois nunca ouvi falar Obrigado.

    • Elvis • 09/09/2011

      Nosso site não fala sobre marcas nem modelos de colchões. Recomendamos que procure informações entre pessoas de seu convívio e de sua confiança.

  • Colchão bom tem que custar caro? › Meu Colchão • 18/09/2011

    […] um colchão novo o faz por necessidade. Raramente é por desejar um novo colchão ou porque a validade do colchão atual venceu — o que é uma […]

  • Gabriela • 11/10/2011

    Boa noite,

    Chovem muito na minha cidade essa tarde, com essa chuva a janela se abriu e molhou toda minha cama que ainda está na garantia. A garantia cobre esse tipo de evento?

    • Elvis • 15/11/2011

      Você precisará ler os termos de garantia do fabricante para ter certeza, mas a princípio a exposição mesmo que acidental à chuva caracteriza mau uso.

  • ROGERIO RODRIGUES DE LIMA • 13/10/2011

    AMIGO JÁ TRABALHO COM VENDAS MAIS NÃO ESTA ARIA, POREM MINHA EMPRESA ESTA MAL, GOSTARIA DE VERDER COLCHOES COMO FASSO PARA OBTER EXODO..

    • Elvis • 15/11/2011

      Rogerio.

      Muitas redes de lojas ou mesmo marcas operam na modalidade de franquia e representações, e nestes casos oferecem treinamento técnico e de vendas adequado.

      Sugiro que comece procurando uma empresa destas, porque será o treinamento mais correto e eficiente que você poderá receber.

      De qualquer forma, sugiro que leia o Meu Colchão (este site), porque ele contém muita informação técnica, e se você dominar todo o conteúdo que tem aqui, você estará dando um grande passo para se tornar um técnico em colchões.

  • sonia lapenna • 17/10/2011

    por favor……comprei um colchão americanflex resistense king e não me adaptei com ele,pois achei muito duro.devolvi depois de 3 dias.hoje adquiri um da ortobom liberty, experimentei várias vezes na loja e gostei.mas pesquisando na internet,me assustei com o número de reclamaçãoes sobre este colchão.lá também tinha aquele da nasa……e a diferença de preço era minima……
    me perdoe,sei que não cita marcas,porém me de uma luz…..uma dica que seja sobre minha compra será de bom tamanho!!!!!como viajo hoje,tenho 3 dias para decidir,pois eles ainda não entregaram.
    grata

    • Elvis • 15/11/2011

      Sonia.

      Primeiramente, desculpe pela demora na resposta. Como citamos na caixa de comentários, não respondemos a estes com muita frequência.

      De qualquer forma, quanto mais vendas em números absolutos fizer uma empresa, maior será o volume absoluto de reclamações. Todas as marcas estão sujeitas a reclamações, e todos os fabricantes oferecem garantias de seus produtos, de acordo com os termos de cada um.

      A sugestão é de que experimente na loja, da maneira mais completa possível, pois é isto que vai te dar indicativos confiáveis de que o colchão será adequado ao seu gosto.

  • telma • 18/10/2011

    Gostaria de saber quanto tempo eu levo para me acostumar com um colchão?comprei um de molas ensacadas da marca dubai, pore´m acordo com dores no corpo.

    • Elvis • 15/11/2011

      Cada caso é um caso. Tem gente que no primeiro dia está adaptada, outras pessoas podem precisar de até um mês. Lamento, mas não há uma resposta objetiva e universal à sua pergunta.

  • wolber tavares • 19/11/2011

    ola elvis, gostaria de sua opinião tecnica sobre os colchoes da nipomag(japones-com infra e imãs,vibratorio)pessoas com problemas de saude tem dado boa informação porem o custo é alto em média o mais barato 4.000 reais,pretendo comprar um,tenho um american flex selado d33 prazo vencido.me ajude .

  • Augusto • 29/11/2011

    Hoje na Casas Bahia vi um colchão D33, 0,88×1,88 com garantia de 6 meses !

  • Alcino • 15/12/2011

    Ola,
    Antes de mais obrigado pelo seu site, é bastante informativo.

    eu estou a procura de um colchão novo e deparo-me com tanta informação que me é difícil tomar uma decisão. A minha duvida é, qual é a grande diferença entre um colchão Látex e um Pocket a nível de qualidade. Eu peso 67 kg e tenho 1,78cm, a minha namorado tem 1,68 e pesa 60kg. Eu estou inclinado para o pocket, mas na verdade estou muito indeciso Também tenho dores de costas ocasionalmente, por isso convinha comprar um colchão que aliviasse a pressão na zona lombar…

    Obrigado

    Alcino

    • Elvis • 27/12/2011

      Amigo.

      Você está falando de dois produtos totalmente diferentes (molas pocket, ou ensacadas, e látex, que é manta de espuma). Não existe a possibilidade de comparar um com o outro em função das diferenças.

      O látex é utilizado para dar um toque de maior conforto ao colchão (que pode tanto ser de mola quanto pode ser de espuma).

      Um colchão de espuma com uma camada de látex vai ter um toque de conforto com mais firmeza por tratar-se de um bloco maciço de material (a espuma do colchão). No caso do colchão de mola com a manta de látex, a combinação é do molejo com a camada de conforto do látex.

      Mas o ideal mesmo é cumprir a dica que não canso de repetir: vá até a loja de colchões e experimente os diversos tipos disponíveis, e compre aquele com que você se identificar mais, no qual se adapte melhor; não esqueça de levar sua namorada para ela experimentar com você.