Conservação de colchões

17 de setembro de 2013 • Por Elvis, em Destaques, Informações Técnicas
Conservação de colchões
Um bom colchão merece e deve ser bem cuidado, para garantir que ele ofereça a melhor qualidade de sono e durabilidade. É bastante fácil cuidar de um colchão, seja ele de espuma ou de mola, e abaixo daremos algumas dicas sobre as principais medidas para conservação do colchão.

Girar e virar o colchão são fundamentais para sua conservação

Girar e virar o colchão são fundamentais para sua conservação

Em primeiro lugar, deve-se girar o colchão a cada quinze dias no mínimo — o certo seria uma vez por semana. Se o seu colchão permitir ser virado (alguns tipos, os “no turn“, ou “one face“, não permitem tal prática)  uma vez você deve girá-lo e outra vez deve virá-lo. Girar o colchão significa passar o lado dos pés para a cabeceira da cama. Virar é fazer com que a face superior do colchão fique sobre o estrado da cama, e vice-versa. O objetivo desta medida é reverter a ação da gravidade, homogeneizando a espuma do colchão (mesmo no caso de colchões de mola)

Para facilitar a higiene do colchão bem como protegê-lo, o ideal é que ele disponha de uma capa protetora. Assim, ameniza-se a absorção de suor, de partículas de pele morta, de poeira, etc. A capa do colchão deve ser lavada semanalmente, ou pelo menos quinzenalmente.

É fundamental que o colchão esteja em ambiente ventilado e que tome sol. Entretanto, o colchão não deve ficar muito exposto ao sol direto, o que ocasionaria ressecamento que poderia facilitar ao tecido rasgar; isso no caso de tecidos sintéticos, pois tecidos de algodão já são mais tolerantes ao sol. A ventilação é necessária para que a umidade absorvida pelo colchão durante o uso possa enxugar evitando assim a formação de fungos e o mau cheiro característico.

Aliás, por este mesmo motivo jamais deve-se utilizar o colchão com os plásticos. Colchão em uso deve ser bem ventilado.

Passar o aspirador de pó no colchão também evita a proliferação de ácaros e outros microrganismos, potencializando a função anti-alérgica do colchão.

Em hipótese alguma deve-se lavar o colchão, ou passar nele qualquer tipo de produto químico. Isso pode afetar profundamente a composição da espuma, e a aparência do tecido. Da mesma forma, para assegurar que as características dos componentes do colchão sejam preservadas, não se devem nunca passar roupas sobre o colchão, pois a ação do calor intenso altera a fórmula da espuma, além de prejudicar o acabamento do tecido.

Colchões de espuma não devem nunca ser dobrados, e menos ainda os colchões de mola. Os danos oriundos dessa prática serão irreversíveis. Dobrar o colchão caracteriza mau uso, anulando a garantia que o colchão eventualmente ainda tenha.

Por fim, caso seja necessário tirar o colchão da cama, ele deve ser guardado na posição vertical, bem apoiado, observando-se a recomendação acima, de não dobrar o colchão.

52 comentários

  • Durabilidade, Validade e Garantia de Colchões | Meu Colchão • 04/07/2009

    […] pois esta normalmente se refere apenas ao sistema de molejo, que por ser produzido em aço pode, se bem cuidado, durar muito mais do que a própria garantia (validade).Textos possivelmente relacionados a […]

  • Geraldo • 23/03/2010

    Ola amigo . Eu tinha um colchão aqui que se dizia ortopédico , era aqueles que tem uma madeira no meio . bom , aquilo tava me dando dores nas costas e eu comprei um D45 . Tenho 1,75m e 85 quilos , mas estou achando esse duro tbm . Mas lendo aqui no site , parece que os d33 , d28 tem a mesma dureza , são só menos resistentes ao peso das pessoas … como eu faço então na loja para pedir para trocar o meu colchão com outro um pouco mais macio ? oque eu peço para o vendedor ? se eh que ele vai trocar né . o Colchão tem apenas 4 dias …

    • Elvis • 23/03/2010

      Caro Geraldo.

      Em primeiro lugar é importante que você saiba que o Código de Defesa do Consumidor lhe dá o direito de trocar qualquer produto dentro de sete dias, goste a loja disso ou não.

      Agora, com relação ao colchão, é extremamente importante que você experimente o colchão antes de comprar.

      Peça ao vendedor um D33 (densidade real), que seria o ideal para o seu biotipo. Experimente todos os D33 reais que puder, de todas as marcas e modelos, pois há diferença na maciez/rigidez do colchão entre diversos fabricantes e processos de fabricação, o que não afeta a sua qualidade e a capacidade de suportar seu peso. Reiteramos: estamos falando de colchões com densidade real (três anos de garantia).

      • rober vix • 03/11/2010

        Prezado

        apenas para ajudar, na verdade a troca em sete dias funciona apenas para compras a distancia. Em caso de compras na propria loja, o comerciante somente é obrigado a trocar se essa é a sua política adotada como regra geral. observe a informação veiculada no site do Procon SP http://www.procon.sp.gov.br/texto.asp?id=658 que diz: “Nos casos em que a compra ou contratação ocorrer fora do estabelecimento comercial, o CDC prevê o direito de arrependimento no prazo de sete dias, contados da assinatura do contrato ou do recebimento do produto. A emissão de nota fiscal ou recibo, bem como a obrigatoriedade no fornecimento de contrato referente à prestação de serviço, além de um direito seu de consumidor, deve ser uma exigência, pois só assim seus direitos podem ser resguardados em caso de problemas.”

        sds

        Rober

  • Roberta Lima • 07/04/2010

    olá, atualmente estou domrimdo com o meu colchão no chão e todos me fala que isso estraga o colchão!!!! mas qual a diferença do chão no chão pro colchão encima do box?
    Obrigada
    Roberta Lima

    • Elvis • 08/04/2010

      Roberta.

      O box existe justamente para ser uma camada intermediária entre o piso e o colchão, tendo uma série de funções.

      Serve como isolante térmico.
      Permite ao colchão “respirar”, ou seja, não acumular umidade que possa vir a condensar.
      Privilegia a higiene, ao aumentar a distância entre seu corpo e o assoalho.
      E não menos importante, a comodidade e o conforto que o box proporcionam não se comparam ao colchão no chão.

  • Paulo henrique dos anjos • 18/08/2010

    Ola amigo, Eu ganhei um colchão de casao usado, estava pensando em guardar para possiveis visitas, mais a um problema, esse colchão veio de mau uso, ele foi usado como segundo colchão, pois ficava embaixo de outro colchão que possibilitou a conservação de sua macies mais prejudicou no acumulo de umidade, fungos e outros que trazem mau cheiro, e tbm nao podemos descartar que residuos de urina tbm estao sobe o mesmo, por que era de uma criança.
    Meu problema é, o mau cheiro que ele esta, não é necessariamente de urina, mais um cheiro desagradavel que contamina a casa caso eu use o mesmo.
    E minha duvida, se é possivel remover esse mau cheiro, jah deixei no sol escaldante por alguns dias e nada, num primeiro momento sai, mais assim que reultilizo-o ele volta com o mesmo problema, é possivel com algum tipo de produto ou lavagem localizada ou pode jogar fora?

    Agradeço se me enviar um E-mail com a resposta… abração. (******************)

    • Elvis • 20/08/2010

      Caro Paulo.

      Jogue o colchão fora, sem dúvida alguma. Nem é uma questão só de conforto, mas também de saúde e higiene.

  • allan • 20/08/2010

    Olá. Vou comprar uma cama box agora e recentemente ouvi sobre essa necessidade de virar colchões. Gostaria de saber se isso se aplica tb aos modelos novos, com molas ensacadas e tudo mais. Até porquê, nenhuma loja aparente ofertar pillow de visco nas duas faces, mas somente em uma. E aí, como ficam esses casos?

    • Elvis • 20/08/2010

      Esses são colchões “no turn”, ou seja, esses colchões não se viram, apenas se giram.

      Ou seja, de tempos em tempos você vai pôr o lado dos pés para a cabeça e vice-versa, mantendo o pillow-top sempre para cima.

      • allan • 21/08/2010

        Entendo, porém o fato deles serem “no turn” os fazem ser piores que outros que são capazes de virar a face?
        Pelo que eu entendi, se você não virar a face, as molas e a espuma ficam comprometidas. Então esses “no turn” têm algum mecanismo diferente que impeça essa perda de durabilidade?

        • Elvis • 28/08/2010

          Os colchões “no turn” usam uma espuma de melhor qualidade, especialmente produzida para este tipo de colchão. Mas, reitero, mesmo os colchões “no turn” devem ser girados de tempos em tempos.

  • Cleison • 22/09/2010

    Prezado Elvis,
    Eu e minha esposa adquirios um colchão D60 AG o qual após um mês apresentou “afundamento” nas extremidades. Efetuamos a troca por um D45 espuma selada, conforme sugestão do vendedor, que estaria providenciando neste meio tempo, a troca por um novo D60.Estamos na dúvida se ficamos com o D45 ou recebemos o D60. Possuo 1,67 m e 72 kg e minha esposa possui 1,66m e 56 kg. O que você nos sugere ?

    • Elvis • 24/09/2010

      Cleison.

      Sem a menor sombra de dúvida, o preferível é você ficar com o colchão D45 densidade real, se puder. Você e sua esposa vão ficar muito melhor atendidos.

      • Cleison • 28/09/2010

        Muitíssimo obrigado pela generosa resposta, determinante à nossa decisão, caro Elvis.

  • Neide • 07/11/2010

    Olá, tenho um colchão de casal a aproximadamente 2 anos que me atende bem, porém faz aproximadamente 6 meses que estou cuidando da minha sobrinha e esta dorme comigo. A questão é que ela já fez xixi na cama por três vezes e toda vez que isso ocorre retiro a capa protetora (de algodão) e o coloco no sol, ainda não achei uma capa impermeável (que cubra todo o colchão), gostaria de saber quais são os danos que isso pode causar (além do mal cheiro) e como posso fazer para limpar o colção que mesmo com a capaque é lavada regularmente está ficando com um aspecto de sujo? Grata Neide.

    • Elvis • 04/12/2010

      Neide.

      Antes de tudo, você tem que procurar tratamento psicológico para sua sobrinha, para descobrir e tratar a causa da enurese.

      Enquanto isso, procure uma capa impermeável para o colchão, e assim que possível troque-o por um novo, pois não há como dar manutenção em um colchão que passe por este tipo de problema.

  • Joyce • 24/11/2010

    Comprei uma cama box, mas não me dou bem dormindo nela, pois é muito macia e acordo com dor no corpo. Faz uns seis meses, mas acho que só dormi nela uns 15 dias. O que devo fazer? Vou na loja negociar troca? ou viro o colchão, pois o outro lado é mais duro?

    Agradeço a atenção…

    • Elvis • 04/12/2010

      Joyce.

      Se você tem a possibilidade de trocar seu colchão com a loja, vá em frente. Infelizmente não podemos opinar além disso.

  • kely • 24/11/2010

    oi,

    adorei o site, e gostaria de saber se estas camas box conjugadas, que o colchão é fixo no box, são tão boas quantos as comuns (separadas) e como faço se não posso girar o colchão?
    obrigada!

    • Elvis • 04/12/2010

      Kely, este é um produto de qualidade não tão boa assim, e deveria ser usado mais para “quebrar um galho” do que para uso contínuo. Se tiver possibilidade, prefira adquirir box e colchão separados.

      De qualquer forma, de vez em quando você deve girar o box inteiro, seguindo a mesma orientação de giro para outros tipos de colchão.

  • Guilherme • 10/12/2010

    tenho um colchao de casal, não sei dizer ao certo as medidas e a densidade. Entretanto vou me mudar agora, e para levar no carro, eu precisaria dobrar.
    Fazer isso uma unica vez, para fazer uma mudança, vai estragar o colchao? Ou fazendo uma unica vez, por um momento rapido, nao vai dar problema?

    • Elvis • 22/12/2010

      Dobrar o colchão é totalmente não recomendado, pois onde houver a dobra a espuma vai deixar de cumprir a sua função (perda de resiliência).

      Como seu colchão já é usado, a dobra pode causar danos definitivos.

  • Anabela • 05/02/2011

    Oi, tudo bem? Eu tenho 18 anos, e durmo sozinha no meu quarto. Todas as manhãs, quando acordo, a minha cama tem um cheiro ruim, e deixa o quarto insuportável. Já troquei de cama, mas continuou o mesmo cheiro. Tomo banho todas as noites antes de dormir, uso roupas limpas e troco com frequencia a roupa de cama, mas todos os dias eu passo por esse problema. Abro a porta e a janela, e o cheiro diminui, mas é muito incômodo, pois quando alguém entra no meu quarto pela manhã, eu me envergonho com o cheiro forte. Me ajudem, por favor!!!!!

    • Elvis • 26/02/2011

      Anabela.

      Infelizmente não temos como te ajudar, pois não sabemos o que está acontecendo; pode ser um outro móvel no quarto, o piso, o tapete, etc.

      Se o problema for no colchão, talvez valha a pena você comprar um protetor de colchão impermeável, que vai facilitar a lavagem e higienização, que pode ser semanal.

  • Everson • 12/02/2011

    Ola.
    Ganhei de presente um box completo (seminovo, 2 meses de uso) e como terei casa (casarei) so no final do ano, ele esta armazenado em uma casa em subsolo. Esta numa regiao bem quente do Brasil, litoral de SP, entao não me preocupo no verão, porém no inverno tenho receio que sofra com a umidade.
    Existe alguma forma de amarzena-lo para que suporte este tempo em boas condições?

    • Elvis • 26/02/2011

      Ao que parece, as condições de armazenamento de seu colchão não são apropriadas. O ideal é que ele fique em um local arejado e livre de umidade.

  • Osvaldo • 20/02/2011

    Olá. Lavei o meu colçhão de espuma e ficou com um cheiro forte . O que devo fazer para que esse cheiro saia ?

    • Elvis • 26/02/2011

      Osvaldo.

      Colchões de espuma não devem ser lavados em hipótese alguma, conforme você leu no texto acima.

      Infelizmente não há nada a se fazer. Talvez se você deixar o colchão tomar sol amenize a situação, mas cuidado que o sol em excesso pode afetar o tecido.

  • Diana Miléo • 12/03/2011

    Prezado Elvis, boa tarde..

    Casei recentemente e ganhei um colchão King. Estou no aguardo de um móvel modulado que mandei fazer e deixei o colchão encostado na parede na posição vertical formando um ângulo de aproximadamente 80 graus. O mesmo já está sem a capa plástica com que veio da loja e percebo que na base que fica no chão está se formando uma ondulação…estou causando um dano ao colchão? ou não há problema em deixá-lo nesta posição…?

    • Elvis • 22/03/2011

      Diana.

      Colchões não devem ser armazenados na posição vertical, e menos ainda em diagonal. A posição correta é sempre horizontal.

      Portanto, a resposta à sua pergunta é: sim, essa posição vai causar danos ao seu colchão.

      • valéria • 02/08/2011

        Só para constar, no teu texto acima, é dito no último parágrafo que a melhor posição para se guardar o colchão, caso necessário é “na posição vertical”… não entendi agora qual o certo diante da contradição…

        • Elvis • 12/08/2011

          Não há contradição. SE você não puder guardar o colchão na posição horizontal, então guarde-o na posição vertical. Não o apoie na parede de forma a criar um ângulo porque isso fará com que a espuma se deforme.

  • Karina • 22/03/2011

    Bom dia!
    Deixaram cair perfume no meu colchão novíssimo. Qual a melhor forma de limpá-lo?
    Obrigada.

    • Elvis • 22/03/2011

      Se seu colchão é novíssimo, o melhor é entrar em contato com o SAC do fabricante, pois eles saberão informar o melhor procedimento.

      Boa sorte!

  • Nilson Viegas • 29/03/2011

    Ola, estou querendo compra um colchão de casal
    peso 105 kg tenho 1,76 cm e meu compaheiro 200kg 1,96cm.

    qual a melhor opção já que na tabela não tem pra indicar.
    mola, espuma, etc…

    vou comprar amanhã.

    obrigado…

    pude aproveitar varias opniões mas ainda estou na dúvida em comprar um king ou queem

    • Elvis • 17/04/2011

      Nilson.

      Considerando o tamanho de vocês dois, imaginamos que um colchão king seja mais adequado, por ser mais espaçoso.

      Pelo peso de vocês, o colchão mais adequado será um colchão de mola ensacada com pelo menos 30cm de altura.

      Quanto a você precisar da resposta para o dia seguinte, pedimos desculpas, porém este site é atualizado mais ou menos uma vez por mês, e não temos como responder dúvidas num prazo mais curto. Contamos com sua compreensão.

  • Clea Melissa • 10/05/2011

    Oi, Qual seria a vida util de um colchão de espuma D33 (a média de anos). Obriado!!

  • ana paula • 19/05/2011

    meu colchão não é novo tem 3 anos de uso, ele tem um pillow top de uns 10 cm.uso protetor sobre o colchão para evitar manchas e desgastes, mas meu irmão dormiu comigo essa noite e fez xixi.como devo proceder para retirar a mancha e tb o cheiro ?que acho bem provável ficar:(Comprar outro é fora de questão pois custou os olhos da cara ( é um king ). Outra questão é que não acho a nota fiscal do meu colchão , ou perdi ou não entregaram, pois não fui eu que recebi o produto, só tenho o pedido emitido pela loja no ato da compra.A loja vem me enrolando a um ano e meio para me esclarecer como proceder pois alegaram não emitir segunda via de nota, como proceder nesse caso?

    • Elvis • 21/05/2011

      Ana Paula.

      Dizem que passar limão no colchão tira o cheiro, e passar a esponja, aquele lado amarelo, no sabão de coco, e passar no colchão sem esfregar, quando fizer espuma deixar secar, dizem que tira a mancha. A ventilação adequada também ajuda bastante.

      Mas, infelizmente, não temos uma receita definitiva para lhe dar.

  • Thais • 07/06/2011

    olá eu tenho uma cama box de molas que quando foi entregue tive de retirar o plastico pois estasva com algumas gotas de agua no mesmo, o que acontece, é que algumas gotas de água mancharam a cama e com o tempo de uso minha cama está ficando escura, gostaria de saber se tem algo q possa fazer para tirar essas manchas, ou lavar, alguma coisa do tipo… a cama era branca e ja ta praticamente preta… obg

    • Elvis • 24/06/2011

      Thais.

      Se seu colchão estiver na garantia, procure a loja que lhe vendeu o colchão e peça assistência.

      Caso já tenha passado da garantia, o máximo que você poderá fazer é deixar a peça no sol para secar a umidade e parar com o escurecimento, pois reverter será praticamente impossível.

  • Elô • 17/06/2011

    Oi Elvis, sou consultora do sôno (vendedora de colchão) na cidade de Vitória da Conquista Bahia, na empresa em que trabalho somos treinados para atender a necessidade individual de cada cliente ao invés de empurrar-lhe o produto mais caro!. Adorei este site, é muito interessante e esclarecedor!
    Gostaria de saber se tem outro meio pelo qual poderia ter contato com você! Só em ler essa página aprendi muita coisa!
    Parabéns pelo site

  • Cíntia • 18/10/2011

    Olá, preciso guardar dois colchões de solteiro num depósito, qual melhor proteção (capa de tecido, plástico) ?

    • Elvis • 15/11/2011

      Colchões usados não devem ser guardados em plástico, pois os resíduos já existentes nele poderão virar cultura de fungos, ácaros e outros microrganismos que poderão levar à inutilização do colchão. Além disso, é conveniente que o colchão seja depositado na posição horizontal.

  • Cheila • 28/10/2011

    Olá Elvis! Primeiro quero lhe parabenizar pelo site e também por muitos esclarecimentos. Antes de comprar meu colchão passei por aqui. Obrigada! Mas tenho mais uma dúvida. Colchão de molas são apenas para camas box? Para maior conforto, durabilidade do mesmo? Compramos um colchão de ótima qualidade, que diz que um se movimenta e o outro não percebe, mas não é bem isso que tem acontecido. Qual sua opnião? Pode ter ocorrido deformação nas molas por não termos cama box ou guardado por muito tempo na vertical? Obrigada!

    • Elvis • 15/11/2011

      Cheila.

      A cama box é mais por questão estética, de diminuição de ruídos e balanços, etc. Mas o colchão de molas pode ser utilizado perfeitamente em uma cama convencional (de madeira ou mesmo de alvenaria).

      É possível que pelo fato de o colchão ter ficado guardado na vertical tenha havido deslocamento das molas, afetando sua estrutura.

  • Edilene • 12/11/2011

    Olá Elvis tudo bem?

    Preciso de uma ajudinha, eu comprei um colchão casal de molas ensacadas com pillow, o tecido é branco,mas o colchão estava na loja como mostruario, mas em perfeito estado de uso.
    Porém o tecido está sujo, empoeirado(mas eu consegui um bom desconto), por favor me diga se posso limpar o colchão em casa comprando algum produto especial.

    Espero sua resposta, abraços e obrigada

    • Elvis • 15/11/2011

      Edilene.

      Não te aconselho a usar nenhum produto no colchão, pois este produto vai ficar impregnado no tecido e na espuma. Entretanto, há empresas que fazem limpeza de estofados e colchões, com técnicas específicas. Talvez valha a pena procurar alguma na sua cidade e fazer um orçamento.

  • Josiel • 19/12/2011

    Olá,

    Gostaria de saber o seguinte: eu tenho 70 Kg 1,78Mts, Minha esposa tem 80Kg e 1,65 Mts qual a densidade do colchão seria indicado para nós?? compramos um D60 recentemente, pelo será que ele pode ser prejudicial a nossa saúde?? e só mais uma perguntinha, mesmo o colchão sendo novo minha esposa tem mania de colocar coisas debaixo do colchão para ficar mais alto só na cabeceira e as vezes nos pés, isto pode deformar o colchão e prejudicar nossa saúde??